Campinas +55 19 3295.3813 - São Paulo +55 11 5087.8931

O poder da comunicação: Falar ou Comunicar?

* Wilson Felitti

FALAR:                    Dizer Palavras. Exprimir-se por meio Verbal/Oral.
COMUNICAR:      Estabelecer entendimento, conversação e convívio. Transmitir ou receber mensagens quer por meio da linguagem falada, escrita ou de outros sinais, sejam sonoros e/ou visuais.

Quantas vezes deixamos de expressar nossas ideias, de defender um ponto de vista, de dar a nossa contribuição para a solução de um problema, seja no âmbito Profissional, Pessoal ou Social. E o pior é que quando não aproveitamos a oportunidade, alguém aproveita e recebe os méritos que deveriam ser nossos.

Quantas vezes após falar em uma reunião, por exemplo, e passar uma série de informações, ordens ou diretrizes constatamos que as pessoas estavam fazendo exatamente o contrário.

Aí, normalmente, surgem as desculpas ou justificativas:

“A culpa é dos outros que não me entenderam”.

Será verdade mesmo?

A comunicação pressupõe sempre EMISSÃO X RECEPÇÃO. Fídias, um dos gênios do Século de Ouro da Grécia, conhecia tudo de comunicação – inclusive algo que muita gente não aprendeu até hoje: que a comunicação que vale é a recebida, não a emitida. Tudo deve ser feito para que a recepção seja correta. Quando isso não acontece, a mensagem perde o sentido.

Para que haja um bom entendimento, há de ter uma adequada emissão tanto na Forma como no Conteúdo, visto que são duas partes fundamentais nesse contexto.

A Forma engloba O COMO COMUNICAR: o uso adequado da VOZ, da EXPRESSÃO CORPORAL (a aparência, a postura, o gestual, a expressividade facial e o olhar), bem como a administração da INIBIÇÃO e do ACANHAMENTO, do medo de se expor perante outras pessoas, ou seja, o público. Aliás, por incrível que pareça, esse é um dos maiores medos do ser humano.

Outro ponto relevante é o Comportamento Social (regras de Boas Maneiras e Etiqueta) que faz parte da comunicação não Verbal. Esse é um aspecto muito valorizado hoje em dia quando o MARKETING PESSOAL é fundamental para o sucesso de uma pessoa.

O Conteúdo engloba O QUE FALAR: o TEMA (objetivo), o ASSUNTO devidamente organizado e estruturado em Começo, Meio e Fim, o Vocabulário apropriado a cada situação e a Gramática correta.

Todos esses itens precisam funcionar e interagir de modo equilibrado para que haja HARMONIA na nossa Comunicação formal ou informal.

A Comunicação eficaz é essencial para o sucesso na vida e nos negócios.

Aliás, segundo a série especial de reportagens sobre as novas tendências do mercado de trabalho, veiculada pela TV Globo, há algum tempo durante o Jornal Nacional, o PODER DE COMUNICAÇÃO será um dos principais requisitos para o profissional que pretende se manter e evoluir no mercado de trabalho.  “Saber comunicar-se é um atributo indispensável para quem pretende ser também indispensável. O que se procura hoje é a pessoa que faz acontecer”.

“Um profissional medíocre com boa oratória”, diz Oscar Motomura, consultor e CEO da Amana-Key, pode impressionar mais do que um profissional brilhante com má oratória. Se ele não souber expor suas ideias com clareza, seu horizonte pode se limitar”.

Quantas pessoas obtiveram muito sucesso por meio do seu PODER DECOMUNICAÇÃO; quantas outras fracassaram por, simplesmente, não se aperfeiçoarem nessa área?

Mesmo quem se expressa bem pode ter grandes surpresas ao estudar as Técnicas da Comunicação.

FALAR OU COMUNICAR?
A escolha é toda sua!

Wilson Felitti é consultor de carreira na Korum