Campinas +55 19 3295.3813 - São Paulo +55 11 5087.8931

Apoio a Recolocação Profissional – Empregabilidade

* Márcio Brasil

Diante de um quadro de crise do mercado, com as empresas adotando política de contenção de custo, os desligamentos são inevitáveis e os profissionais envolvidos devem encarar a transição de carreira como um processo de aprendizagem, como uma competência que deve ser desenvolvida.

Os profissionais não devem esquecer que, nessa situação, os desligamentos não ocorrem por mau desempenho.

Sempre damos aos clientes Korum uma breve orientação no momento da recolocação, que pode ser útil para os profissionais que estão lendo e procurando novos desafios: ao realizar a busca de um novo emprego, estabeleça um planejamento estratégico. É como se fosse vender um produto:

Na maioria das vezes queremos mais do que valemos ou menos do que podemos conseguir. Essas situações mostram que não estamos preparados para enfrentar o mercado.

Atualmente o mercado pratica a “seleção por competência” e as empresas que a praticam são mais exigentes, os processos são mais seletivos, as avaliações mais sofisticadas e as entrevistas mais agressivas (cruzadas, com pares superiores e até com subordinados).

A competência envolve a capacidade de o profissional demonstrar que possui habilidades que podem agregar valor à empresa e tem que passar credibilidade no que faz.

É importante o profissional mostrar o seu poder de empregabilidade (competitividade e salário) que são as exigências de mercado versus o perfil dos concorrentes a vaga, pois quem define quanto ele pode ganhar é o mercado e quem decide o quanto ele vai realmente ganhar é o seu poder de argumentação, convencimento e negociação.

O profissional precisa ter a capacidade de mostrar nas entrevistas que é o melhor, que sabe gerar resultados, que pode ser útil e inovar naquilo que já sabe fazer, adequando-se as necessidades, responsabilidades e aos desafios da vaga oferecida.

* Márcio Brasil é Diretor Geral da Korum